Sexta, 24 de maio de 2019
 

Confira as cotações no mercado hoje:

Notícia

Mãe desabafa durante o velório do garoto David, assassinado no Dom Pedro

jefter Guerra

Publicidade

MAGIC

Davi Matos Batista, 13, torturado e assassinado na noite desta terça-feira (16), no bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste, é velado em meio ao desabafo de sua mãe.

Durante o velório e sem mostrar o rosto, Rejane Bentes, 30, mãe da vítima relatou que Davi era um menino ciente do que era errado. “Apesar de ter só 13 anos, ele sabia, eu como mãe sempre o corrigi, inclusive há cerca de três semanas, perdi a guarda da irmã dele de 15 anos, assumo que excedi na correção, mas, era para o bem dela, a situação estava extrema, eu crio meus filhos mostrando o que é certo, mas nós, como mãe, não podemos estar 24 horas com eles para saber o que fazem, quando tem atitudes erradas, as pessoas colocam a culpa nos pais, quando vamos corrigir, vem o Conselho Tutelar, e agora que o Davi morreu, cadê o Conselho Tutelar? Como me tiraram minha filha, fiquei com medo de ser mais incisiva na correção com ele, e hoje, olha como estou, velando meu filho, não é Conselho Tutelar, Polícia e nem ninguém que vai trazer meu filho”, desabafou.

Segundo relato dos familiares, o menino ao ser encontrado, não estaria com a camisa dele, a veste que estava não era de conhecimento da família. A mãe informou que ele já teria sido “sequestrado” em um outro momento, e que teria chegado em casa assustado e contou para a mãe o que havia acontecido.

“Pelo que percebi não adiantou de nada, ele continuou andando com pessoas erradas e agora está morto”, disse a mãe inconsolável.

O corpo será sepultado durante a tarde. O caso segue sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídio e Sequestro.

RELEMBRE O CASO

Um jovem, com idade entre 19 a 22 anos, foi encontrado morto com um tiro na cabeça, na noite desta terça-feira (16), na rua Clara Cordeiro, no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus.

De acordo com as informações do delegado plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Rafael Campos, testemunhas relataram que viram um carro parado no local e a vítima correndo para dentro do ramal pedindo ajuda. Em seguida, um homem saiu do carro e atirou contra a vítima.

Os criminosos fugiram sem ser identificados. No local, uma mochila foi encontrada contendo documentos de histórico escolar, além de uma carteira estudantil com nome de Davi Matos, idade não informada. [

O perito criminal Bráulio Pedroso, do Departamento de Polícia Técnico-Cientíca (DPTC) conta que a vítima foi morta por um tiro na cabeça e tinha marcas de tortura.

O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML), no bairro Cidade Nova, na Zona Norte. e o crime vai ser investigado pela DEHS.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!

 

Fonte

Site Imediato
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Publicidade

MAGIC

Veja também

Maioria do STF decide que homofobia é crime
24Mai

Maioria do STF decide que homofobia é crime

Seis dos 11 ministros votam por criminalizar a homofobia

Centro de Ensino oferece cursos para enfermeiros
24Mai

Centro de Ensino oferece cursos para enfermeiros

No dia 24, a instituição estará promovendo os cursos de capacitação

Deputados aprovam reajuste salarial de 4,73% para professores no AM
24Mai

Deputados aprovam reajuste salarial de 4,73% para professores no AM

Categoria, que segue em greve, deve votar se aceita ou não a proposta

Em fase terrível, Sabrina Sato sofre duro golpe, fica desolada e é passada pra trás
24Mai

Em fase terrível, Sabrina Sato sofre duro golpe, fica desolada e é passada pra trás

Após alguns anos de existência, a Record decidiu cancelar recentemente o Programa da Sabrina Sato...

MAIS NOTÍCIAS

Publicidade

Parceiro
BENA
Parceiro
Conexão
Parceiro
TVLAR

Erro na Linha: #308 :: Undefined variable: logo
/home/conexaoamazonas/public_html/themes/news/noticia.php

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )